Terapia Cognitivo-Comportamental

O que é a Terapia Cognitivo-Comportamental? (TCC)

Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC)

Cada vez mais as pessoas ouvem falar de um tipo de psicoterapia chamada Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC). Por que muitos médicos encaminham pacientes solicitando especificamente essa linha de trabalho? Porque é uma abordagem psicológica moderna e que vem mostrando grande eficácia no tratamento de diversos transtornos psicológicos. É a terapia que atualmente tem o maior numero de pesquisas sendo desenvolvida e que tem demonstrado resultados concretos e duradouros. Os médicos cada vez mais reconhecem a importância da TCC e indicam seus pacientes para este tipo de tratamento. A TCC é a mais indicada para o tratamento de transtornos de ansiedade e de humor, sendo também utilizada nos transtornos de personalidade.

A Terapia Cognitivo-Comportamental se baseia na teoria do contínuo desenvolvimento do funcionamento mental e cerebral em termos cognitivos, emocionais e comportamentais. Entende que estamos em constante processo de aprendizagem e que as diversas patologias mentais são desenvolvidas e reforçadas através de pensamentos, ideias e crenças aprendidas. Muitos desses pensamentos e crenças são aprendidos na infância e adolescência, e mantidos na idade adulta, mantendo uma forma distorcida de enxergar o mundo. Muitas vezes essa distorção é reforçada pelo ambiente em que a pessoa vive, criando o cenário para o desenvolvimento de distúrbios mentais.

A TCC é uma forma de terapia objetiva, científica, que procura tratar os sintomas de maneira direta e eficaz, com ênfase no aqui e agora. Também são tratados eventos e aspectos emocionais do passado. Inicialmente, o foco da terapia é o que mais incomoda a pessoa no presente.

Sabemos cientificamente que boa parte das aflições e problemas são originados nos pensamentos, sentimentos e comportamentos que estejam ocorrendo no cotidiano da pessoa. Em muitos casos, em função da natureza do distúrbio, essa intervenção rápida no presente é necessária para tirar a pessoa de seu estado de desespero e confusão mental, como no caso de crises de ansiedade, de depressão e transtorno bipolar.

Por ser uma forma de terapia didática, o terapeuta cognitivo-comportamental trabalha em conjunto com o paciente, através do ensino e aplicação de uma série de técnicas para que este possa sentir-se melhor, ao mesmo tempo em que adquire autoconhecimento. O autoconhecimento é fundamental na TCC pois permitirá as pessoas aplicarem as técnicas fora do consultório, sendo cada dia mais autônomas para lidarem com suas patologias mentais.

A TCC visa treinar as pessoas para lidarem com seus transtornos mentais sem a necessidade da presença constante do terapeuta, após receberem alta do tratamento. O objetivo é autonomia e liberdade!

Posted in Clinica and tagged , .

Deixe uma resposta